Variações do nível, marinho: alterações eustáticas no Quaternário

  • Percy Corrêa Vieira Instituto Geológico; Seção de Paleontologia

Resumo

As variações do nível médio dos oceanos são resultantes de fenômenos gerais (alteração eustática) e locais (alteração eustática). Durante o Período Quaternário houve várias subidas e descidas eustáticas do nível oceânico ligadas a fases interglaciais e glaciais. Por volta dos dezeito mil anos atrás o mar esteve em fase de descida máxima, com seu nível médio na isóbata atual aproximida de cento e dez metros; nesse tempo iniciou-se uma fase transgressiva (Trasgressão Flandriana), a qual teve seu máximo por volta do seis mil anos atrás. Daí para cá o nível médio do mar tem sofrido pequenas variações eustátiças, com tendência geral para abaixamento. Os dados obtidos para o Brasil confirmam as variações eustáticas constatadas nas outras partes do mundo.
Publicado
01-06-1981
Seção
não definida