Neoformação de fosfato de cálcio e comportamento da solubilização do fósforo no processo Humifert

  • Aline Carneiro Silverol Universidade de São Paulo; Pós-Graduação em Geoquímica e Geotectônica
  • Maria Cristina Motta de Toledo Universidade de São Paulo; Escola de Artes, Ciências e Humanidades Pós-Graduação em Geoquímica e Geotectônica
  • Wilson Tadeu Lopes da Silva Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; Embrapa Instrumentação
Palavras-chave: Rocha fosfática, Resíduo de mineração, Matéria orgânica, Resíduos orgânicos, Fertilizante alternativo.

Resumo

O processo Humifert é um método alternativo de fabricação de compostos fertilizantes que visa o melhor aproveitamento da rocha fosfática, um recurso natural não renovável. A vantagem do processo é não apresentar limitações em relação ao teor de P2O5 e, assim, viabilizar economicamente a exploração do minério fosfático e/ou rejeitos dessa mineração. O processo utiliza materiais fosfáticos e orgânicos para produzir compostos organo-fosfatados. Neste trabalho, os compostos gerados a partir de uma mistura de rocha fosfática e lodo de esgoto mostraram uma tendência de aumento não linear na solubilidade do fósforo no decorrer do tempo de reação, possivelmente relacionado à dinâmica das transformações biogeoquímicas. Análises por difratometria de raios-X e microscopia eletrônica de varredura mostraram a neoformação de fases fosfáticas. Nas etapas onde o fósforo e o cálcio encontram-se imobilizados em neoformações inorgânicas, por exemplo na fase sintética similar à brushita, a solubilidade é menor. Por outro lado, quando o fósforo não estiver fortemente fixado a extração é facilitada. Esta complexa situação envolve a cinética das reações, que, uma vez ainda não controlada nos procedimentos de operação do reator, pode provocar diferentes graus de ataque. Os resultados indicam que o processo Humifert pode ser eficiente para converter formas menos solúveis de fósforo em mais solúveis, as quais associadas à matéria orgânica, podem gerar compostos fertilizantes mais interessantes do ponto de vista ambiental e econômico.
Publicado
01-06-2013
Seção
não definida