A pedologia e a evolução das paisagens

  • Carlos Roberto ESPINDOLA Universidade Estadual de Campinas; Instituto de Geociências; Programa de Pós-Graduação em Geografia
Palavras-chave: Morfogênese, Pedogênese, Evolução da paisagem, Paleoprocessos.

Resumo

Geomorfologia e pedologia surgiram em épocas distintas e com diferentes métodos de investigação das paisagens, instituindo a dualidade morfogênese-pedogênese. Às fases de evolução do relevo foram ajustados graus de desenvolvimento dos solos, estando normalmente aí envolvidas causas tectônicas e mudanças climáticas. Datações relativas das superfícies associavam critérios altimétricos a formas assumidas como testemunhas de antigos processos: lateritas, stone lines e paleossolos. A evolução da ciência mostrou que estas formas não precisam ser obrigatoriamente tomadas como paleo, e que a própria autoevolução dos solos pode afetar o modelado superficial. Métodos sedimentológicos e datações absolutas associados às transformações dos horizontes pedológicos em topossequências possibilitam vislumbrar a instituição de uma morfopedogênese, ou uma pedomorfogênese, pela indissociabilidade do solo e do relevo na gênese das paisagens, posto que dependentes dos mesmos fatores de formação.
Publicado
01-01-2010
Seção
não definida