Litofácies e prováveis ambientes de sedimentação do Grupo São Roque na região de Votorantim e Salto de Pirapora, SP

  • Paulo Cesar Fernandes da Silva Secretaria do Meio Ambiente; Instituto Geológico
Palavras-chave: Rochas metamórficas, Associações de litofácies, Ambientes de sedimentação, Grupo São Roque.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo a descrição e caracterização de fácies sedimentares das rochas proterozóicas pertencentes ao Grupo São Roque, aflorantes na região que compreende as cidades de Votorantim e Salto de Pirapora e arredores (sudeste do Estado de São Paulo). O levantamento foi efetuado na escala 1:50.000, e incluiu uma análise geológico-estrutural que procurou dar suporte ao entendimento da distribuição espacial das fácies sedimentares e do empilhamento estratigráfico. Quatro associações de litofácies foram reconhecidas na área de estudo, que da base para o topo correspondem a: A. associação siliciclástica basal, correspondendo a uma deposição em águas profundas predominantemente associada a uma sucessão turbidítica; B.associação siliciclástica intermediária, correspondendo a uma plataforma rasa de características progradantes; C.associação clasto-química transicional, aqui interpretada como uma transição de ambientes deposicionais de uma plataforma rasa para uma planície de maré mista (intramaré a intermaré); D. associação carbonática impura superior, representando as porções mais proximais e superiores de uma planície de maré (intermaré a supramaré). Estas associações foram informalmente correlacionadas às subdivisões estratigráficas sugeridas para o Grupo São Roque em trabalhos anteriores (particularmente as formações Estrada dos Romeiros, Voturuna e Pirapora).
Publicado
01-12-2004
Seção
não definida