Contribuição palinológica ao conhecimento do Subgrupo Itararé na Serra dos Paes, sul do Estado de São Paulo

  • Paulo Alves de Souza SMA; Instituto Geológico
  • Fernando Farias Vesely UNESP; IGCE
  • Mario Luis Assine UNESP; IGCE; Departamento de Geologia Aplicada
Palavras-chave: Subgrupo Itararé, Palinologia, Serra dos Paes, Permiano, Bacia do Paraná.

Resumo

Este trabalho constitui a primeira contribuição paleontológica para o Subgrupo Itararé na Serra dos Paes, sul do Estado de São Paulo, correspondendo à porção superior da unidade na área. Quinze táxons foram reconhecidos, dos quais dois são inéditos para a porção brasileira da Bacia do Paraná: Granulatisporites austroamericanus Archangelsky & Gamerro e Protohaploxypinus panaki Utting. A assembléia é dominada por grãos de pólen teniados e poliplicados, destacando-se os gêneros Protohaploxypinus, Vittatina e Complexisporites, enquanto que esporos e grãos de pólen não-teniados são raros. Considerando o arcabouço palinobioestratigráfico da Bacia do Paraná e das bacias gondvânicas circunvizinhas, a idade da assembléia é considerada eopermiana (Sakmariano).
Publicado
01-12-1999
Seção
não definida