Análise estatística dos dados de furos de sondagem da jazida de cobre de Chapada, Goiás

  • Jorge Kazuo Yamamoto Universidade de São Paulo; Instituto de Geociências

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados do tratamento estatístico e análise dos dados de litologia e teores de cobre e ouro de amostras da Jazida de Cobre de Chapada. As informações extraídas das descrições dos furos de sondagem foram confrontadas com os teores de cobre e ouro, com o fim de verificar a relação existente entre a rocha hospedeira e a mineralização. Para os teores de cobre e ouro, o tratamento estatístico foi efetuado com o objetivo de obter uma estimativa global das populações amostradas, como uma primeira aproximação do teor médio do depósito. Como a futura lavra desta jazida se daria pelo método tradicional de bancadas a céu aberto, procedeu-se à composição das amostras originais para um intervalo igual à altura das bancadas. Para aferir a qualidade da composição foi efetuado um tratamento estatístico dos teores compostos. As distribuições assim obtidas, comparadas com aquelas originais (antes da composição), revelaram uma pequena suavização e maior aproximação para a distribuição normal introduzida pela composição.
Publicado
01-12-1992
Seção
não definida