The Colônia Astrobleme, Brasil

  • Claudio Riccomini Universidade de São Paulo; Instituto de Geociências
  • Bruno Turcq Institut Français de Recherche Scientifique pour le Développement en Coopération; Centre ORSTOM de Bondy; Laboratoire des Formations Superficielles
  • Louis Martin Institut Français de Recherche Scientifique pour le Développement en Coopération; Centre ORSTOM de Bondy; Laboratoire des Formations Superficielles
  • Marcelo Z Moreira Centro de Energia Nuclear na Agricultura
  • Maria L Lorscheitter Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Departamento de Botânica

Resumo

A estrutura de Colônia está localizada a cerca de 35km ao sul do centro da cidade de São Paulo. Ela apresenta formato circular, com 3,64km de diâmetro, estando preenchida por pelo menos 263m de sedimentos, correspondendo a uma provável estrutura de impacto, ou astroblema. Essa feição é delineada por um anel externo circular, de relevo colinoso, desnivelado de até 125m em relação a uma planície aluvial interna pantanosa. Este artigo apresenta um esboço da geologia regional da área e discute as diferentes hipóteses concernentes à origem da estrutura, bem como os parâmetros morfológicos pertinentes à compreensão desta feição extremamente particular. São apresentados também os resultados preliminares do estudo das amostras obtidas por vibrotestemunhador.
Publicado
01-12-1991
Seção
não definida